Fatec Praia Grande recebe citação em revista de Cambridge

Trabalho aborda o uso incorreto do inseticida fipronil, proibido na União Europeia, e a consequente morte em massa de abelhas; problema segue sem solução no Brasil.

Quase meio bilhão de abelhas foram mortas entre o fim de 2018 e o início de 2019, especialmente na Região Sul do Brasil. Esse dado alarmante mobilizou dois alunos e uma professora da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Praia Grande, que o transformaram em tema de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e em artigo científico que já soma sete citações – uma delas, de agosto deste ano, na Cambridge University Press, revista científica da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

Escrito em 2019, o artigo intitulado O uso incorreto do inseticida fipronil e sua influência na morte das abelhas no sul do Brasil, assinado pela professora Janara de Camargo Matos com os alunos Priscila Aparecida Della Torre e Renan do Carmo Marinho Silva, do curso de Processos Químicos, aponta os danos da aplicação do agrotóxico por pulverização aérea.

Abelhas dizimadas no país

Proibido na União Europeia desde 2019, o fipronil continua sendo aplicado no Brasil – e por pulverização aérea, o que contraria até mesmo as instruções do fabricante, que prescreve a aplicação diretamente no solo. A gravidade da prática não se limita à morte das abelhas. “O uso inadequado de um agrotóxico provoca a contaminação da terra, dos alimentos, dos animais e dos moradores das comunidades próximas às plantações”, explica Janara. Em julho deste ano, o número de abelhas mortas pela pulverização do inseticida ultrapassou os 100 milhões no Mato Grosso e, no mês seguinte, 90 milhões na Bahia. “Isso mostra que nada foi feito até agora”, diz a professora.

O resumo do artigo informa já na sua primeira frase: “As abelhas são seres vivos de elevada importância para a manutenção do ecossistema em que nós, seres humanos, estamos inseridos”. Em todos os ecossistemas do mundo esses insetos são os principais polinizadores, categoria da qual dependem cerca de 80% das espécies vegetais.

A citação em uma universidade prestigiosa como Cambridge vem justamente quando a revista científica Processando o Saber, editada na Fatec Praia Grande e responsável pela publicação do artigo, completa 15 anos. Criada pelo atual coordenador do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Nilson Carlos Duarte da Silva, a revista está há vários anos sob a condução de Fábio Pessôa de Sá, professor responsável por cinco disciplinas na unidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer saber mais sobre o cursinho?