Enem 2023: Inep garante recursos de acessibilidade

Suportes oferecidos fazem parte da Política de Acessibilidade e Inclusão do Instituto. Provas acontecerão nos dias 5 e 12 de novembro.

os dias 5 e 12 de novembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplicará as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 nas 27 unidades da Federação, para mais de 3,9 milhões de inscritos.

Nesta edição, o Inep aprovou 38.101 solicitações de atendimento especializado e atenderá 70.411 pedidos de recursos de acessibilidade. O balanço aponta ainda que 1.526 requisições de atendimento pelo nome social nas provas do Enem 2023 foram atendidas. 

Auxílio para leitura foi o recurso mais requerido pelos participantes, com 10.721 solicitações aprovadas. Em seguida, estão a correção diferenciada, com 8.703; o auxílio para transcrição, com 7.507; e a sala de fácil acesso, com 6.449 pedidos. Já entre os atendimentos especializados, as solicitações de pessoas com déficit de atenção alcançaram o maior número de pedidos aprovados, com 13.686, seguido pelo número de inscritos com baixa visão, que totalizaram 6.504.

Acessibilidade – O Inep oferece atendimento e recursos de acessibilidade em todos os exames e avaliações que aplica. Os suportes oferecidos fazem parte da Política de Acessibilidade e Inclusão do Instituto, que visa a abranger o maior número possível de interessados na execução dos exames elaborados pela Autarquia. O objetivo é proporcionar acesso aos programas educacionais brasileiros, promovendo equidade. 

Confira os atendimentos especializados solicitados nesta edição: 

Autismo

6.044

Baixa visão

6.504

Cegueira

577

Deficiência auditiva

113

Deficiência física

5.173

Deficiência intelectual (mental)                            

3.073

Déficit de atenção

13.686

Discalculia

471

Dislexia

1.135

Surdez

64

Surdocegueira

7

Visão monocular

1.254

Total

38.101

Enem – A edição de 2023 marca os 25 anos do Enem desde a sua primeira aplicação, em 1998. O exame se tornou a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitar as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Confira os recursos de acessibilidade solicitados: 

Aparelho auditivo ou implante coclear              

1.363

Apoio para a perna e pé

1.825

Auxílio para leitura

10.721

Auxílio para transcrição

7.507

Calculadora

767

Cartão-Resposta ampliado

4.292

Computador

1

Correção diferenciada

8.703

Guia-intérprete

6

Leitor de Tela

120

Leitura labial

670

Leitura Tátil

4

Material específico

1

Mesa e cadeira (sem braços)

638

Mesa para cadeira de rodas

1.431

Protetor auricular

2

Prova ampliada

5.194

Prova em braile

181

Prova superampliada

996

Sala de fácil acesso

6.449

Sala especial individual

4

Sala reservada para acompanhantes

1

Tadoma

3

Tempo adicional

18.173

Tradutor-intérprete em libras

718

Videoprova em Libras

641

Total

70.411

 

Acesse a Página do Participante
Acesse o edital do Enem
Acesse a playlist do edital em Libras
Acesse a versão do edital adaptada para deficientes visuais


Assessoria de Comunicação Social do Inep

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer saber mais sobre o cursinho?