Aluna da Etec de Avaré é finalista no Concurso de Desenho Toyama

Aluna da Etec de Avaré é finalista no Concurso de Desenho Toyama

Cursando Jogos Digitais na Escola Técnica Estadual Prof. Fausto Mazzola, Bruna Nakamura terá desenho exposto no Festival de Arte e Cultura da província japonesa que dá nome ao concurso.

Transmitir uma mensagem de conscientização e responsabilidade ambiental, por meio de traços e cores, foi o que rendeu uma vaga na final do “Concurso de Desenho Toyama” à estudante Bruna Nakamura, da Escola Técnica Estadual (Etec) Prof. Fausto Mazzola, de Avaré. Agora, a obra será exposta no Festival de Arte e Cultura da província japonesa que dá nome ao concurso, junto a outros nove trabalhos que também foram selecionados.

Voltado a estudantes com até 15 anos, o concurso propôs a elaboração de desenhos dentro do tema “Mottainai e o princípio dos 3Rs (redução, reutilização e reciclagem de materiais)”. Mottainai é uma expressão da língua japonesa que pode ser traduzida como “que desperdício!”

Bruna conta que pesquisou o assunto e refletiu sobre como fazer a representação. Ela optou por desenhar a poluição em si, por acreditar que causaria mais impacto em quem observar o desenho. “Sabemos o que é reciclagem, como reciclar, mas não temos o costume de ver o lixo e o que acontece se não há redução do consumo e reutilização de embalagens”, conta a estudante do Ensino Médio Integrado ao Técnico de Jogos Digitais.

A expectativa da adolescente é que os trabalhos selecionados sejam apreciados pelos visitantes das feiras e que despertem a conscientização para o cuidado com o planeta. “Tenho certeza de que haverá obras lindas sendo expostas, todas com o reconhecimento que merecem e cumprindo seu propósito.”

O concurso

O Concurso de Desenho Toyama tem como objetivo divulgar, valorizar e preservar a cultura japonesa, incentivando a pesquisa e a disseminação da produção artística de estudantes de escolas públicas de diferentes países. O Festival de Arte e Cultura reúne diversas manifestações da cultura de Toyama, como literatura, artes visuais, dança, música, teatro, ikebanas (arranjos florais japoneses), cerimônia do chá e trajes típicos regionais.

O tema proposto para o concurso promove o desenvolvimento de competências e habilidades previstas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e pelo Currículo Paulista. Também visa desenvolver a criatividade dos estudantes, incentivá-los a adotar atitudes gentis, de autogestão e de abertura ao novo, além de utilizar os elementos da linguagem visual para se expressar, compartilhar ideias, experiências e sentimentos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Quer saber mais sobre o cursinho?